Buscar
  • Ariane Marques

Sobre Martelos

O martelo é uma das ferramentas mais primitivas já confeccionadas pelo homem, que continua sendo aprimorada, possuindo hoje versões bem modernas. Em nossa profissão usamos diariamente martelos de vários tipos e com fins específicos. Por isso, precisamos entender como funciona sua estrutura e os efeitos de cada material.


Hoje vamos falar apenas sobre o cabo.

Primeiro, uma das funções é manter as mãos do usuário longe do ponto de impacto, por isso possui uma grande área, permitindo a utilização com segurança. Você vai encontrar cabos de madeira, lisos ou com acabamento em borracha, que permitem mais firmeza da mão, e até com desenhos diferenciados. Sua função mais importante, porém, é permitir a impressão de uma maior velocidade a cada golpe.


A maioria dos desenhos de cabos procura equilibrar precisão do golpe com aproveitamento máximo de energia.


Cabos muito longos: o martelo fica menos eficiente, pois a força nem sempre se concentra no ponto correto do alvo. Quanto mais longo for o cabo, menos precisa vai ficar a mira para se acertar o alvo. Cabos maiores também cansam mais rapidamente, no uso sucessivo.


Cabos muito curtos: a ineficiência decorre de não ser possível aplicar-se maior força, exigindo mais golpes para se completar a tarefa.

Durante os nossos treinamentos presenciais identificamos as maneiras corretas de segurar o martelo, o efeito dos golpes e o melhor aproveitamento desse importante instrumento de nossa vida profissional.

Para escrever esse artigo pesquisamos em:

Martelo – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)


33 visualizações0 comentário